quinta-feira, 26 de julho de 2018

Foto de família


Sou nostálgica e um nadinha saudosista, traços que tento conter a duras penas, porque sei que o devir é o que me resta; o passado é só passado. Mas há momentos em que não consigo evitar um nó no estômago, como quando tiro esta foto, que repetimos todos os Verões. É através delas (das fotos que se repetem), que comparo fases, alturas e humores. É através delas que vejo o tempo a passar, doce e duro e imparável.

1 comentário:

Titica Deia disse...

O tempo para nós passa rápido demais quando olhamos para eles, ontem passou a fugir!!