quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Uma carta de amor [a minha maior encomenda]

O meu filho mais velho pediu-me ajuda para escrever uma carta de amor.
E eu pairo entre o alívio de achar que devo estar a fazer alguma coisa bem feita, e a perplexidade de já ter em casa um rapaz feito.
E isto ainda é só o princípio.

2 comentários:

Miss F disse...

Por aqui compram-se presentes para os namorados, mãe e filha! ;) Eheheheh...Bjs.

Flor Guerreira disse...

Cá por casa elas ainda só fazem postais para o pai dar à mãe e vice versa!