segunda-feira, 31 de outubro de 2016

O meu bebé aos 5 meses é assim...

Juvenália de Oliveira Fotografia

Não sei como são os vossos filhos aos 5 meses, mas o meu não dorme durante o dia, a não ser ao ar livre, no carrinho, acorda de madrugada a rir {e às vezes a chorar}, palra o tempo todo, baba-se como um camelo e requer atenção constante. Quando digo "constante", quero dizer mesmo constante. Aquela atenção que mal me deixa fazer xi-xi, que não me dá tempo de levantar a mesa do pequeno-almoço, nem de pôr a loiça na máquina, nem de estender a roupa, nem de fazer rigorosamente nada a não ser adorá-lo e aturá-lo.
Se fosse há uns anos, estaria deprimida. Agora dá-me vontade de rir em momentos bons, de chorar em momentos maus e de me borrifar no assunto. É que mãe de adolescentes que também já sou, sei que este tempo de precisarem de nós para respirar, passa depressa demais. Daqui a uns anos, como os manos, o Vicente precisará dos amigos, da namorada e da mãe a uma distância mínima de segurança.

4 comentários:

Luis Miguel Faria disse...

Pequenito bebé lindo :)

Anónimo disse...

A minha era exatamente assim! À distancia de 8 anos, por vezes dou por mim a pensar que se calhar era porque eu não tinha experiencia, era stressada e tinha medo de errar. Quando leio o teu relato vejo que afinal não, há de facto bebés que requerem muita atenção e que mesmo com 5 meses apenas, nos absorvem de tal forma que nem xixi conseguimos fazer descansadas :)
Mas é como dizes, passa muito rápido. Sei que se tiver um segundo filho já vou "curtir" esta fase de outra maneira:)
Obrigada por partilhares estas "coisinhas" que nos fazem sentir humanas e que nos fazem perceber que fizemos sempre o melhor que sabíamos.
Simone

Anónimo disse...

É isso tudo, muito bem dito.
A experiência dá a sabedoria que são fases complicadas mas que duram pouco tempo.
Faz falta falar e explicar que os bebés não são todos iguais. Muitas angustias seriam poupadas se a maternidade e os bebés não fossem tão romantizados.

Os bebés não vivem sem as suas mães, é a natureza, é a vida.
Mas insistimos que os bebés nascem e têm de dormir a noite toda e sozinhos nas suas camas.
Beijinhos

Catarina disse...

A minha era assim, e agora com 17 meses raramente dorme mais que 1h30. A parte boa...ficamos em forma num instante! :) Eu pelo menos nem conseguia comer, e com o cansaço sentia ainda menos apetite.

Bos sorte!! porque ainda vai demorar a "melhorar" (se for igual a minha claro :) )