quarta-feira, 19 de outubro de 2016

A família continua a ser a chave disto tudo!

Juvenália de Oliveira Fotografia

Continuamos só com um carro para a família toda. Um carro onde já não cabemos todos. O Smart do meu homem mantém-se avariado desde o Verão, e os nossos planos para comprarmos um monovolume tiveram de ser adiados, porque há prioridades e a saúde do Vicente é, claramente, uma delas.
A verdade é que tem sido uma gestão bem mais fácil do que estava à espera, porque temos a capacidade de nos adaptarmos a tudo, só que nem sempre acreditamos nisso. O Rui leva os miúdos mais novos de manhã e o mais velho vai para a escola de comboio. Como ainda estou de licença, fico por casa com o Vicente e arejo dando voltinhas ao bairro, sempre que posso e que me apetece. À tarde, conto com a ajuda preciosa dos avós paternos dos meus filhos mais velhos e da minha mãe para os irem buscar à vez, num calendário que fica estipulado no início de cada ano lectivo. E quando preciso mesmo sair por alguma razão {por obrigação ou por prazer}, conto com a minha mãe, parceira de todas as horas.

Vou rectificar o que disse ali em cima: a gestão disto tudo não tem sido tão difícil como estava à espera, simplesmente porque tenho ajuda. E porque vivo rodeada de gente boa, que não se prende ao passado, nem ao preconceito, mas ao presente e ao Amor. 

5 comentários:

Isa disse...

Os avós das crianças são a chave para a nossa sanidade mental! 😉

Bailarina disse...

Haja coragem para nos adaptarmos e não vermos em tudo uma grande tragédia.

Unknown disse...

Família é isso mesmo! Que maravilha!💕

Melika disse...

Há elos que nunca se perdem!

Carla Carvalho disse...

Familia e tudo...falo nos avós.Os meus pais são a grande ajuda na minha vida também, agora com o Vasquinho tem sido fora de série.Mas so tenho este bebé, e ao ler o que escreveu...bolas com 4 filhotes ...a ajuda dos avós e mesmo uma bencao.Eu agradeço todos os dias por ter uns pais fantasticos, e uns avós que não podiam ser mais babados com o meu bebé.