sexta-feira, 22 de abril de 2016

Um dia de cada vez...



O meu homem já saiu de casa e eu acordo devagar, com o meu gato aos pés da cama e com os pontapés do meu bebé.
A nostalgia dos acontecimentos de ontem dá-me para pôr a tocar o "Sometimes it snows in April", enquanto saio da cama como a fisioterapeuta ensinou: de joelhos juntos e sem fazer força na barriga gigante.
Tudo demora muito tempo, agora. As distâncias medem-se de outra maneira e as tarefas básicas, como atar os sapatos, apanhar uma treta do chão, ou simplesmente sentar-me, tornam-se hercúleas.
Um dia de cada vez.

[bom dia!]

2 comentários:

Cláudia M disse...

Força, vai correr tudo bem ;)

Um beijinho

VerdezOlhos disse...

Coragem para carregar mais um grande amor para a vida. Já falta pouco :)
Beijinhos