sábado, 10 de maio de 2014

Porque as palavras ainda me faltam [parte II]


Há pessoas que levam vidas inteiras perdidas. Sem saberem ao que vieram, sem se identificarem com quem são, com o que fazem, com quem estão.
Eu tive a sorte de me encontrar a tempo. A tempo de viver aquilo que aqui vim fazer.
Ontem foi o princípio e o fim. O princípio de uma vida inteira e o culminar de um caminho comprido.
Não digo mais nada. Faltam-me as palavras.


11 comentários:

ML disse...

Muitos parabéns!

Flor Guerreira disse...

Parabéns! O melhor do mundo está para vir!

Escrever Fotografar Sonhar disse...

...Agora o mundo é vosso!
Um abraço muito apertado. Estás linda!!!

Anónimo disse...

Muitos parabéns! Não nos conhecemos, mas desejo-lhe(vos) muitas felicidades e uma vida repleta de amor! É bom ver que não acontecem só coisas menos boas, também há o lado bom da vida. E há que celebra-lo e vivê-lo intensamente. Um beijinho

Eduarda disse...

Ainda ando nessa procura.
Muitas felicidades!

Anónimo disse...

MUITA FELICIDADE!

Bicharocos Carpinteiros disse...

Tão bom...
Parabéns e muitas felicidades!

Beatriz Sotomayor disse...

Podem faltar as palavras, mas esse sorriso diz muita coisa!

Lili disse...

...
Pronto.
Já deitei uma lágrima!
O seu exemplo tem sido [para mim] [tão} inspirador.
"Consigo" comecei a correr.
"Consigo" continuei a acreditar ,que sim, que é possível [Amar].
Obrigada pelos "saltos" de Fé.
L

Maggie disse...

muitas muitas felicidades. Que sejam felizes, sempre!

Bjos

Maggie

Anabela Crespo disse...

Marta devo dizer-lhe que ler o seu blog é uma verdadeira inspiração, uma inspiração ser FELIZ todos os dias e (como disse num dos seus posts) relativizar a coisas que não têm assim tanta importância.
Um óptimo 2015.
Eu vou continuar a dar uma espreitadela ao que vai escrevendo :)