sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Dez resoluções para 2014 [sem filtro]

1. Comer menos e melhor {e abraçar os exageros uma vez por semana, sem dó nem piedade}.
2. Ter mais calma com as rotinas do dia-a-dia e com as pessoas que amo {não controlo tudo e, como diz a Catarina, "a vida resolve-se sozinha"}.
3. Dedicar-me mais seriamente ao blog e investir no seu crescimento {isto faz-me feliz, e acho que isso interessa}.
4. Perder o medo de me aproximar das pessoas que admiro {Pedro, da próxima vez digo "olá"}.
5. Obrigar-me a fazer exercício físico {sem lugar a desculpas}.
6. Não comprar botas que não preciso {o meu filho contou-as no outro dia...por aqui me fico}.
7. Dizer "não" sempre que é não {sem medo de desiludir alguém}.
8. Ousar sair da minha zona de conforto {foi assim que comecei este blog. Num impulso sem rede}.
9. Lembrar-me todos os dias que vivo a vida que escolhi {e valorizá-la ao milímetro, que parto do princípio que cada um de nós tem um número limitado de recomeços}.
10. Casar com o homem da minha vida.

Vou imprimir isto e pendurar no frigorífico.
É melhor não.

6 comentários:

Enjoy the Ride disse...

se o colocares à vista, obrigas-te a respeitar. e os outros "cobram-te" o que, nalguns pontos (como o do exercício físico, fala a preguiçosa) é uma vantagem. ;)

Erica disse...

Há muitos anos que escrevo que a vida se resolve sozinha. Acho que 2014 é o ano em que tenho que passar a viver isso mesmo, todos os dias.

Um beijinho!

anita disse...

Pôr à vista é sempre um bom truque, ajuda a responsabilizar o tico e o teco! ;) Posso roubar umas resoluções tuas?? Aquela do comer menos e melhor, fazer e exercício e blá blá blá... tu compreendes-me! :) Mas este ano vou ganhar vergonha na cara! ;)E continua a sair da zona de conforto e se precisares de ajuda para escolher o vestido da boda, já sabes! ;) ***

Dolce Far Niente disse...

Anita, rouba as que entenderes!! :)
Talvez precise dessa ajuda!! :)

E fico à espera que adiras à minha 11ª resolução...já a publico :)

O Mustang do Enzo disse...

Marta,

Já ando há uns tempos para escrever por aqui qualquer coisa, hoje foi o dia. Desde que entrei na blogosfera “maternal” que te leio com muito prazer. Quero ter 3 como tu, para já vou no 1º que amo de paixão. Gostava de chegar ao 3º com essa sanidade, não muito sã por vezes, mas igualmente válida e admirável. Gosto da fluidez dos teus posts, gosto da forma verdadeira como escreves e da leveza fácil de te ler. Não és cansativa, apela-me o teu sentido de humor e a forma positiva de encarar a vida, com todos os seus ventos (de proa e de popa). Identifico-me com imenso do que leio no teu blogue e gosto do estilo despreocupadamente preocupado. Admiro a forma pública dos teus elogios ao amor. Admiro a tua entrega, lembras-me aquela frase do “do it with passion or not at all”. Um chá quando vieres ao Porto, que tal?

Dolce Far Niente disse...

Mustang do Enzo, o teu comentário foi uma enorme prenda para 2014, obrigada!! Emocionaste-me a sério.
Quero muito ir ao Porto (devo ir a 14 de Fevereiro), e claro que aceito um café!!
É um privilégio ser lida por ti.

Muitos beijinhos