domingo, 24 de junho de 2012

Os meus sonhos

Alguém me diz o que é que eu faço com esta vontade brutal de viajar, e com esta completa impossibilidade de o fazer?...
Não, não vivo obcecada com isto. Ando feliz da vida no meu dia-a-dia mais ou menos rotineiro, porque é de rotinas que a felicidade também se faz.
Mas há momentos de "bicho carpinteiro". Momentos em que só me apetece fazer a mala e partir. Momentos em que morro de saudades de ver coisas novas, cheirar cheiros novos, palmilhar ruas por onde nunca passei e acordar sem me lembrar onde estou.
E nesses momentos que são apenas (e felizmente!), uma ínfima parte da minha rotina, só me apetece chorar. Ou esperar que a vida {qualquer dia} me permita cumprir o sonho de conhecer lugares que nunca vi, ou voltar aos que já me fizeram feliz.
Não duvido por um segundo que o venha a fazer. Porque fui formatada {e ainda bem!} para esperar sempre coisas boas. E para acreditar que quando queremos muito uma coisa, ela chega.
E não serão só as viagens pelo mundo que irão chegar. Chegarão outros sonhos. Outros saltos. Outros mergulhos. Outros voos.
Porque sou testemunha fiel de que quando trilhamos o caminho certo, o que parece impossível acontece.
Resta acertar.


MM

5 comentários:

Patrícia Teodoro disse...

Olha andas tal e qual como eu...o que eu tenho viajado por esses sites afora

Carlos Baptista disse...

o que te posso oferecer é uma estadia, (para ti e para os "teus" claro), num "mundo" fantástico de beleza estonteante......quando quiseres vir por trás-os-montes, só dizes:"estamos aí logo ou amanhã....." serão, sem sombra de dúvida muito Bem-Vindos!!! beijinhos

Flor Guerreira disse...

Olha e se já tivesses viajado imenso e agora mesmo que tivesses dinheiro não pudesses porque gostas de fazer tudo a dois eo teu homem passou a ter medo de usar qualquer outro veículo que não o automóvel? Pois, resta-me sonhar que isto (a crise e a fobia) vai passar!

MM disse...

Meu amigo, olha que um dia aceito! Não tenho dúvidas de que deve ser uma terra linda!!! :)

Muitos beijinhos e saudades!

Carlos Baptista disse...

só tens mesmo é que aceitar.:)