sábado, 23 de junho de 2012

Final de tarde na FNAC do Chiado

Nunca fui uma adolescente com grandes heróis.
Nunca tive posters na parede do meu quarto com cantores de eleição, nunca coleccionei a revista Bravo nem afins, nunca me perdi de amores por nenhum actor, nem nunca fui menina de acorrer a todos os concertos da minha banda preferida. Acho até que nunca tive uma banda preferida, embora tenha pena.
Mas hoje {pela 1ª vez em quase 38 anos de vida}, obriguei o meu homem  a seguir-me até à FNAC do Chiado, a estacionar o carro num buraco qualquer, a privar-se de lanchar com tempo e calma e a manter-se de pé um par de horas, só para assistir ao lançamento do livro "Cocó na Fralda" da Sónia Morais Santos. E para esperar por mim, enquanto fiquei na fila para o autógrafo e para o beijinho da praxe, e para fotografar o momento que agora recordo.
Bem sei que tudo isto pode soar ridículo com esta provecta idade.
Mas talvez porque já não sou nenhuma adolescente, estou-me a ralar para o que pode soar.
A verdade é que gosto do que a Sónia escreve, e gosto da forma como me sinto quando leio o que escreve.
Porque me identifico.
Porque a Sónia tem o dom de parecer a nossa amiga do lado, a nossa confidente, a pessoa com quem podemos partilhar o que nos alegra e o que nos irrita. Sem juízos de valor, nem preconceitos estúpidos, típicos das pessoas que gostam pouco de parecer que são de carne e osso e que vivem neste mundo.
Porque a Sónia tão depressa escreve sobre as maravilhas da maternidade, como sobre o tormento que às vezes é ser Mãe. E quem nunca sentiu isto, que atire a primeira pedra.

Hoje, na FNAC do Chiado, a Sónia mostrou ser a pessoa que revela no blog e no livro: Uma Mulher como nós, de carne e osso, que cumpre os seus sonhos.
E que o faz com um enorme talento e com uma humildade desconcertantes que nos obrigam a acreditar que, também nós, somos capazes de cumprir os nossos sonhos.
Só por isso, lhe agradeço.


E para mais tarde recordar, aqui ficam algumas fotos do meu "momento-cocó":










MM





6 comentários:

Marisa Luna disse...

Olá!
Não pude ir, mas estive sempre a pensar que deveria lá estar.
Tb estou a adorar a escrita da Sónia, por todas as mesmas razões que apresenta aqui.
O livro está fantástico e ótimo para quem, como eu, só conhece o respetivo blogue há 3 meses, perceber de onde vêm tantos post magníficos.
Beijinhos

Flor Guerreira disse...

Parabéns e não acho nada mal admirares assim tanto a Sónia! Isso é tudo independente da idade!
Boa! Estás comum ar de muita felicidade!

MM disse...

Ainda bem que estás a gostar do livro, Marisa. Eu estou quase a acabá-lo e identifico-me com muitas passagens.

Beijinhos

MM disse...

E estava mesmo muito contente, Flor! Foi um fim de tarde bem passado.

Beijocas

SMS disse...

És mesmo, mesmo, mesmo fofinha! E muito gira!
Beijinhos e muito obrigada pela tua presença!
Sónia

Anónimo disse...

não leve a mal, mas o cabelo esticado fica-lhe 350 vezes melhor. encaracolado dá-lhe um ar tão pesado !!
bj