segunda-feira, 25 de junho de 2012

Coisinhas boas que não me apanham a comer!

Quem lê este Dolce Far Niente, sabe que sou uma moça de muito alimento.
E quem me conhece bem, sabe que um dos maiores prazeres que levo desta vida é comer.
É por isso que quando digo que não gosto de alguma coisa ninguém acredita, tal o enlevo com que me alimento.
Pois para os mais incrédulos, aqui fica a lista do que não entra neste corpinho sem estar inconsciente:
Caracóis (nunca provei nem quero, obrigada. Gosto do cheiro. Só).
Pezinhos de coentrada (idem).
Iscas (provei ao engano quando era miúda. Gostei, mas jurei para nunca mais).
Língua de vaca (idem).
Moelas (gosto do cheiro e ponto final).
Arroz de Cabidela (é cozinhado com sangue. Está tudo dito).
Polvo e amigos (abro uma excepção para filetes de polvo, que comi no outro dia e não vomitei. Prefiro sem tentáculos, obrigada).
Mioleira (comi sem saber o que era e adorei. Experiência a não repetir).
Sushi (eu sei...é politicamente incorrecto nos tempos que correm, dizer que não gosto de sushi. Eh pá, paciência. Só em coma).
Torresmos (não, simplesmente).
Couratos (só se for numa experiência de quase-morte. Principalmente quando ainda chegam ao prato com barba e bigode).
Cabeça de peixe com olhos incluídos (desculpa mãe, mas traumatizaste-me com esta visão tenebrosa na infância. Nunca na minha existência).

E acho que é isto.
Tudo o resto, marcha com dignidade e rapidez.

Um abraço apertado deste hipopótamo na engorda que vos escreve.

MM












7 comentários:

Flor Guerreira disse...

Estou contgo na mioleira, na língua de vaca, nos torresmos, no arroz de cabidela, nas iscas de fígado e pronto.
Sushi, sou apenas doida por...se pudesse sustentava-me de sushi, ou melhor sashimi!

EstáVento disse...

Por mim caracóis marcham sempre...foi o meu jantar. Já língua, pézinhos, moelas, mioleira (que adorava em criança com ovos mexidos...), cabidela e couratos também não entram. Sushi se entrar volta logo a sair pelo mesmo caminho ao dobro da velocidade. Mas a minha mainova adora peixinho com olhos...E sardinhas detesto! bjs

Ana

Marisa Luna disse...

Olá!!!
Já ri à brava!
Diga-me lá: e de dobrada???

Beijocas
Marisa

MM disse...

Marisa, a dobrada poderia estar nesta minha lista!!! Não, obrigada! :=)

Beijocas

Anita Garcia disse...

Explica-me essa lógica do "adorei, mas nunca mais vou comer"!!! Ahahah

Olha, do que falaste, marcha tudo, à excepção da cabeça do peixe SÓ porque me dá muito trabalho!!

Ah e couratos marcha sim senhora, mas só no dia da depilação ;)

Sou uma boca santa, já diz a minha avó :D com excepção de açorda (devido a overdose na infância), nabo e sopa de tomate... De resto, vem e morre! Eheheh

Beijinho*

Susana Canhola disse...

Polvo, arroz de cabidela e moelas são um must. Boas iguarias.

Rossana de Brito Rodrigues disse...

Até que enfim alguém com os mesmos "desgostos" que eu!
(aparte os caracóis, que voltei a comer ao final de 20 anos por SÒ haver mesmo isso para comer num jantar e agora até marcham, mas devagarinho)!
Mas estou com a :
Anita Garcia disse...

Explica-me essa lógica do "adorei, mas nunca mais vou comer"!!