quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

O medo faz parte do meu ADN!



Depois de ter feito um corte de cabelo radical, recebi muitas mensagens e comentários a elogiar-me a coragem e a dizer-me que, como em muitas outras coisas, demonstro que não tenho medo de arriscar em nada.
Dizer-vos que é mentira. Que o medo está no meu ADN e que todos as manhãs, quando me levanto, peço que o dia seja doce comigo, que não me ponha à prova e que nenhum dos meus fantasmas ganhe vida. Infelizmente, a Vida nem sempre me ouve, ou na sua infinita sabedoria, dá-me os fardos que consigo carregar para crescer mais um bocadinho.

O medo faz parte do meu ADN mas, ainda assim, juro que lhe faço frente todos os dias. E talvez seja só isso que importa.

2 comentários:

Inês Esteves disse...

Epá, "descobri-te" há pouco tempo, mas gosto tanto do que leio aqui.
Admiração... deve ser essa a palavra!

Monteiro disse...

é isso mesmo que importa. resistir e enfrentar.