segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Animal print :)

Juvenália de Oliveira Fotografia

Quando dormes mais do que é costume {pérola rara!}, esqueço-me que existes. Coisa feia de se dizer, eu sei, mas é a verdade. Ainda me esqueço que és de carne e osso e que nos pertences, porque a ideia de ti durou muito tempo. Mais tempo do que a tua, ainda, tão recente existência.
Apesar disto, sempre que te olho metido nesta nossa família barulhenta e meio louca,  vejo como encaixas na perfeição. E constato, outra vez, que a Vida sabe o que faz sempre que nos apanha de surpresa.

2 comentários:

manuela carvalho disse...

A vida sabe o que faz:) Esse menino é uma ternurinha!
Manuela

S* disse...

Que maravilha!!