sexta-feira, 18 de novembro de 2016

A primeira papa do Vicente!

Juvenália de Oliveira Fotografia

Pergunto-me que interesse terá este tipo de informação para as vossas vidas, mas como este blogue tem sido uma espécie de diário, aqui fica este registo-de-mãe-babada para a posteridade:

Há dois dias o Vicente começou uma nova etapa: a introdução dos sólidos em simultâneo com o aleitamento materno.
Quisemos fazê-lo em coerência com o tipo de alimentação que temos seguido em família nos últimos tempos, e contamos com uma Pediatra que está alinhada connosco {com quem conto, aliás, há 15 anos!}. 
Isto não implica nenhum tipo de fundamentalismo, mas a crença de que quanto mais tarde o Vicente experimentar açúcares adicionados, melhor. E a certeza de que não optaremos por papas comerciais, sempre que a logística o permitir. E como é que se reverte uma logística complicada a nosso favor? Através de um planeamento atempado e rigoroso, que passa por ter os ingredientes necessários em casa e as receitas definidas previamente. Sem desculpas.

[para quem perguntou de que foi feita a primeira papa do Vicente, levou farinha de alfarroba, pêra e água]

4 comentários:

Cristina Pedro disse...

Vou experimentar amanhã com a minha sobrinha
:)
Obrigada

Vidas da Nossa Vida disse...

Podes partilhar a receita, Marta? Obrigada e um beijinho!

Xica Maria disse...

Nham devia estar bem boa!

Daniela disse...

Boa tarde, passo por cá de vez em quando mas nunca comento... parabéns pelo bebé que é um fofo:) a propósito da alimentação saudável, gostava, se pudesse, que me desse umas dicas para trocar os cereais (estrelitas) do pequeno almoço da minha filha (6 anos) por opções mais saudaveis, já experimentei vários cereais do celeiro, papas de aveia mas ela não gosta de nada! Penso que li num post seu que foi uma luta para eliminar os cereais açucarados lá de casa mas conseguiu. Muito obrigada e felicidades.