quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Puto, já te disse que te adoro?

Juvenália de Oliveira Fotografia


Puto, hoje começas uma nova etapa.
Já te dei o dinheiro para o comboio, já te expliquei mil vezes a linha que deves apanhar, já te massacrei com as senhas de almoço, já te disse que vai tudo correr bem {digo-te a ti, mas estou a dizer a mim própria}, já te falei dos horários mil vezes, e que estou à distância de um telefonema.
Já estou cansada de te dizer coisas...pareço uma máquina de despejar conselhos, dicas, avisos, sugestões. Repito tudo aquilo que já sabes, mas acalma-me ouvir-me a dizer-te tudo pela milésima vez. Perdoa-me, mas as mães são cansativas e chatas e tudo e tudo. Faz parte do CV materno. Já te falei que há comboios rápidos e outros que param em todas as estações? 
Fogo, vai lá. Voa, mas não caias. Não...não era isto que queria dizer...voa. E se caíres, estou aqui para te agarrar.


[já te disse que te adoro? Juro que não te abraço ao pé da escola]

5 comentários:

Anónimo disse...

Estou de lágrimas nos olhos... é isto mesmo! "Voa, mas não caias. Não...não era isto que queria dizer...voa. E se caíres, estou aqui para te agarrar."
Obrigada por ser uma inspiração! Mulher de garra com um super M grande! Parabéns! Ah, e tem uma família linda! Merece!

Rita disse...

Então e hoje que nos cruzamos na recepção aos alunos do básico e eu "morri" de vergonha de ir falar...para a próxima perco o pudor!
Está tãoooo gira!!!!
E que texto lindo este!

Beijinho,
Rita.

Bailarina disse...

Voas mas não caias! Ou se caíres quero que saibas que te ajudo a levantar !

Dina Monteiro disse...

Lindo!!!!
Abraço.

Sofiazinha disse...

Chorei.

Beijinhos a toda a família.