quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Noto que entrei definitivamente nos "entas" quando...

...afasto as embalagens dos olhos para conseguir ler os rótulos sem parecerem formigas.
Troco os nomes dos meus filhos e do gato. E misturo-os.
Esqueço-me do que vou fazer no minuto a seguir a ter decidido fazer aquilo que já não me lembro.
Tenho sono às nove da noite.
Acordo às seis da manhã a pensar no almoço, nas compras do supermercado e na areia do gato.
Tenho joelhos, mamas e rabo a apontar para o chão.
Divirto-me com comédias românticas que os meus filhos qualificam de "filmes do século passado". E em boa verdade, são.
Dou por mim a cantarolar a música do "Verão Azul".
Complico o que não tem complicação nenhuma.
Acordo a meio da noite para fazer xi-xi e fico a pensar na morte da bezerra.
Danço no meio da casa, enquanto os meus filhos me olham com aquela cara que diz "mãe, já não tens idade para isso!".
Tenho filhos de amigos a tratar-me por "tia" [arrgggg!!].
Adiro ao snapchat e os meus filhos rebolam os olhos.
Aceno como as famílias reais, não vá o braço gelatinoso desintegrar-se.

[continua quando tiver tempo...]


5 comentários:

Martolas disse...

😂😂😂😂😂 . Tão verdade!!Mas os nossos entas são em bom!Beijinhos

Emiérre disse...

Love your Page =) Please visit and follow: http://emierre-photography.blogspot.pt/ We're starting and all kind of comments and tips are welcome =)

manuela carvalho disse...

Absolutamente assertiva:)
Manuela

Sandra disse...

Marta, quando os filhos te apresentarem os namorados(as) ufaaaaa!!!!

Alexandra de Carvalho disse...

Querida Marta, esse texto podia ter sido escrito por mim.
Estou exatamente na mesma.....
😂😂😂