segunda-feira, 18 de julho de 2016

A vida não espera!


Até ser mãe pela quarta vez, achava que a maternidade era sinónimo de reclusão durante vários anos. E se isso era válido para grandes viagens, também era para passeios mais pequenos, porque morria de medo que as crianças se constipassem, do sol ou do frio a mais, do choro convulsivo em público e de não saber o que fazer, de tudo. Alguém se revê nisto?
Desta vez, contrario os medos todos e ponho-me ao fresco com o meu bebé. A vida não espera.

4 comentários:

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Aproveita amiga!
Ele está tãooo giro! Já quer ver esse mundo todo...

Joana Carvalho disse...

Adoro gente descomplicada......bons passeios!

Beijinho,
Joana

Vidas da Nossa Vida disse...

Do meu primeiro filho, sim! E o engraçado é que ele deixou de chorar com cólicas quando aos 3 meses fomos para o Algarve na Páscoa. O 2º e a 3ª andam sempre na rua, sempre em festa, em viagens, passeios e afins e nunca choraram, nunca tiveram uma cólica e eu andei sempre muito feliz e contente e isso reflectia-se, e reflecte-se ainda na Patanisca bebé, neles.

Anónimo disse...

descreveste exactamente como eu me sentia, e além disso tinha vergonha de amamentar em público