sexta-feira, 10 de junho de 2016

Dias estranhos, estes!


Juro que não sei como me tenho em pé. Imagino que seja este instinto maternal que te obriga a cuidar sempre, no matter what.
Dias estranhos, estes. Tão felizes e tão lixados.

3 comentários:

Luis Miguel Faria disse...

É um mosaico de emoções mas o foco está lá! Bem, tu sabes... :)

Maria disse...

São momentos tão intensos que, no meu caso, nem consegui desfrutar dos meus bebés tal era o cansaço e a ansiedade de não conseguir "dar conta do recado"...
Beijinhos e as maiores felicidades para os 6!!!!

Marlene disse...

Nós mães temos uma capacidade infinita de cuidar, amar, sempre!

Beijinhos para todos e aproveitem bem essa face tão doce com direito a cheirinho de bebé!

Marlene