quarta-feira, 11 de maio de 2016

E quando um casamento acaba depois dos 50?















Fotos: Juvenália de Oliveira Fotografia

Basta olhar à volta com atenção, para encontrarmos exemplos de pessoas que se reinventaram depois de um período crítico de vida. A autora destas fotos é uma delas. Aos 51 anos, vê-se confrontada com uma separação depois de 30 anos de casamento e de mais seis de namoro. Trinta e seis anos de existência ao lado de alguém, pouco menos que os meus anos de vida, numa geração em que o tabu associado ao divórcio e ao direito à reconstrução pelo feminino de uma vida diferente depois dele, ainda é um preconceito.
Apesar disso, esta mulher fintou o destino e deu a volta por cima. Entre muitas decisões tomadas, rumou à sua essência e ao que foi deixando para trás com a profissão de professora, a maternidade e a vida conjugal. Era agora, finalmente, tempo de retomar paixões antigas e de reinventar a rotina à sua maneira, sem limitações de nenhuma espécie.
A paixão pela fotografia foi o gatilho para esta sua redescoberta pessoal e o resultado é este que se vê, a provar que nunca é tarde para fazer o que se gosta, nem para renascer.
A autora destas fotografias é minha mãe, tem hoje 68 anos, e sempre que pode, corre o mundo atrás do cenário e da luz certos para a próxima sessão fotográfica. 
Não importa qual seja o mote para pôr o sofrimento em perspectiva e ganhar novo fôlego para voltar a viver com prazer. Pode ser a família, um novo amor, um hobby, um projecto aliciante, um salto de pára-quedas, tanto faz. Tudo é legítimo, desde que consiga o milagre de devolver a genica para acordar de manhã e o brilho nos olhos. A minha mãe tem isso todos os dias e, só por essa razão, é uma enorme inspiração.
Para conhecerem melhor o seu trabalho, visitem a sua página AQUI! Juro que vale a pena.

4 comentários:

patricia neto disse...

Marta ou não fosse ela tua mãe ou não fosses tu filha dela.
Quem sai aos seus......

Bjs

Paula disse...

Um beijinho para a Jú, a minha colega das aulas de pintura!

Contou-me há uns dias que a "sua Marta" era a autora deste blog.

Uma excelente pintora e agora com um novo amor pela fotografia.
Parabéns Jú!

Um beijinho,
Paula

Vida de Mulher aos 40

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Algumas ainda não tinha visto. Absolutamente maravilhosas. E sim, ela é uma fonte de inspiração a muitos níveis. Uma grande beijoca a ambas.

isabel maçana bruxo disse...

Muito bom, tudo! Parabéns
Meninas