sábado, 27 de dezembro de 2014

São Silvestre por um canudo!

Sim, hoje era para ter ido à corrida de São Silvestre.
Não estava preparada {que não estava mesmo}, mas a adrenalina das corridas às vezes faz milagres, e eu esperava conseguir terminar, ainda que quase morta.
Mas não foi preciso chegar a tanto.
Os meus filhos chegaram hoje e preferi ficar-lhes. 
Fiz uma pratada de panquecas de aveia e enrolámo-nos no sofá a ver filmes lamechas. Estamos no tempo deles, afinal. Eu estou no tempo deles, pelo menos, que ando numa fase em que as lágrimas me caem cara abaixo quando alguém atira uma pedra ao rio. Ou quando a mãe coça o nariz ao filho. Ou quando o pai abre a porta ao carteiro. Ou quando o cão come o seu próprio vomitado. Ou quando, ou quando, ou quando.
Depois de deitar os miúdos vou ver o episódio 7 da série número-não-sei-quantos do Parenthood, e purgar as minhas dores mais um bocado.
De resto, está tudo bem.




2 comentários:

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Entendo-te.
Adoro esta fotografia!
bjs

Ana Raquel disse...

Fica sempre mto bem nas fotos...