quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Numa outra vida

Há catorze anos atrás casava com o pai dos meus filhos.
Muita coisa aconteceu desde então. A vida mudou-nos e obrigou-nos a crescer depressa. Não vingámos.
Apesar disso, apesar de tudo o que foi e de tudo o que poderia ter sido, este dia será sempre um marco. Porque todos os caminhos fazem parte da massa de que somos feitos. Com muito orgulho.




5 comentários:

Cristina Pedro disse...

Linda!!!!!!!
E especialmente linda atitude.
Nobre.

Angie disse...

Gosto da tua atitude e da tua visão acerca do passado. Que a vida te sorria sempre!

Paula Ferrinho disse...

Sim, o passado será sempre nosso, com tudo o que foi e tudo o que teve e só assim, nos sentimos completos para o futuro, que vem todos os dias um pedacinho.
Um beijinho, Marta!

Bailarina disse...

Adoro a tua visão das coisas, sinal de maturidade.

Beijo e felicidades

Mafalda disse...

Também foste uma noiva de Outubro, como eu... ;) (também escrevi sobre o "meu" dia lá no meu estaminé e também coloquei uma foto minha onde só se vê o meu rosto e véu)
by the way, estavas linda*