sexta-feira, 11 de julho de 2014

Nós por cá #2











Não trouxe a minha máquina fotográfica, porque perdi o carregador. Acho que não perco a cabeça porque a tenho agarrada ao pescoço, mas para me lembrar desta minha característica macaca, tive um filho igual a mim. A cabeça sempre no ar, as respostas tardias às perguntas que nunca ouve, as toalhas que perde na praia, as camisolas que perde na escola...enfim, revejo-me em quase tudo. Com a idade dele, perdi tantos chapéus de chuva que a prenda de Natal da minha mãe foi um chapéu de chuva. E acho que, mesmo assim, não aprendi a lição.

Sem máquina, safo-me com as fotos do telefone, que não fazem jus ao azul esverdeado do mar, nem ao amarelo torrado da areia. Ainda assim, dá para imaginar o paraíso destes dias...

1 comentário:

osolbrilhaqui disse...

A tua filha é a fotocópia de ti :) que gira!