sábado, 1 de março de 2014

Em pânico [ou como sou uma grande parva]


Amanhã vou participar na minha primeira corrida. E como em todas as minhas primeiras vezes, sinto-me ansiosa e com vontade de desistir. 
Não treino há uma semana, vai estar mau tempo e não me apetece levantar-me cedo, a um Domingo, para apanhar com chuva e frio e para me banquetear com um miserável pequeno-almoço de bagas, bananas e afins. Quero croissants do Careca, quero um sumo de laranja natural e um abatanado cheio, se não for pedir muito. Quero uma manhã com tempo e calma, alapada numa esplanada solarenga qualquer. Quero o meu dolce far niente.
Mas porque me conheço demasiado bem, sei que está é a minha cassete de auto-sabotagem. Uma que ponho em repeat sempre que decido sair da minha zona de conforto. Aquela ladainha que põe tudo em causa na véspera {a experimentar-me}, e a verificar se já cresci mais um bocadinho, ou se é tudo uma grande treta.
Amanhã logo se verá.


3 comentários:

Flor Guerreira disse...

Corajosa. Que te corra bem!

Beatriz Sotomayor disse...

Marta, corres 5Km e vais querer mais! Amanhã vais-nos escrever um post como a Catarina escreveu na sua primeira corrida. Vais estar orgulhosa. Feliz. E viciada nessa sensação.
Pensa assim! Estou contigo!

Miss F disse...

Go ahead! Diverte-te acima de tudo ;)