sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Manhãs para esquecer!

Hoje foi uma manhã desastrosa.
Tive que chamar o meu filho mais velho  mais de 50 vezes para sair da cama, a minha filha fez uma birra gigante porque odiou a camisola às bolas que lhe vesti, e eu acabei por me esquecer de algo importante em casa, fruto deste stress matinal.
Já bebi dois abatanados e em vez da energia que esperava da amiga cafeína, estou aqui meio ansiosa, que o meu corpo não está habituado a tanto estímulo logo pela manhã.

Podia vir aqui só escrever coisas boas. Falar-vos apenas da parte solar dos meus dias, dos acontecimentos que me dispõem bem e que representam pequenas grandes vitórias. Podia fazê-lo, sim, mas interessa-me pouco aparentar uma vida perfeita que, afinal de contas, ninguém tem.
A minha vida vai tendo muitos lados lunares, alguns medos, algumas angústias, fantasmas que teimam em aparecer quando me apanham desprevenida. Não escondo isto, como não escondo que sou uma mulher optimista e que tenho sempre a certeza que depois da tempestade chega a bonança.
E afinal, amanhã é Sábado.


2 comentários:

ML disse...

A vida seria chata se não tivessemos estas manhãs loucas, esses lados lunares,... pensa assim!

E sorri, amanhã é sábado! :)

Avó de 3 disse...

É mesmo, a vida é feita de coisas boas e outras menos boas, o importante é conseguirmos que o saldo seja positivo.
Quando se é jovem tudo é ultrapassado...
Continue a deliciar-nos com a sua escrita.
Bom fim de semana.