segunda-feira, 13 de maio de 2013

A minha vida em modo "rapidinha"

Tudo o que faço no meu dia-a-dia, faço à pressa. Literalmente tudo.
Levanto-me à pressa.
Despacho os miúdos à pressa.
Saio de casa à pressa, e conduzo depressa até às escolas deles e ao meu trabalho.
Digo aos meus filhos para saírem do carro à pressa {e para entrarem à pressa}, que podem vir outros carros.
Trabalho à pressa {leio e respondo a e-mails à pressa; cumpro tarefas à pressa; mostro que sou uma profissional altamente competente fazendo tudo muito depressa, para ter tempo de fazer mais tarefas depressa}.
Ando à pressa {dei-me conta disto porque o meu homem pede-me para andar mais devagar muitas vezes}.
Saio do trabalho à pressa, porque tenho três crianças para ir buscar e para levar a todas as actividades extra-curriculares, e tem de ser depressa para não haver atrasos.
Obrigo os miúdos a fazerem os TPCs e a estudar à pressa, porque não tarda é hora de jantar e porque não tarda é hora de dormir, que amanhã é dia de escola. E de recomeçar tudo outra vez. À pressa.

Dou comigo num frenesim diário que me agasta e que agasta os miúdos. 
Constato que, porque faço sempre tudo à pressa, não me resta tempo nem paciência para olhar e escutar tudo, com vagar. O vagar que os meus filhos, o meu homem, a minha família e os meus amigos merecem.

Hoje acordei de manhã e tentei fazer tudo com mais calma. E não foi fácil, que ando em "piloto automático".
Mas vou continuar a tentar, que a vida são dois dias e não quero passá-los sem me dar conta de nada.

MM

3 comentários:

Katy Single disse...

Não quero ser pessimista, mas dizem que as pessoas aceleradas duram menos anos, então sou uma delas, por isso, mantém a sua última ideia, de que a vida são dois dias...bjoka

Marisa Luna disse...

Ora aqui está uma boa definição dos meus dias há uns 2 anos atrás!!!
Mas tive mesmo de abrandar o ritmo!
E vale a pena. Eu não acreditava, mas o tempo que se gasta acaba por ser quase o mesmo... temos é de deixar uma ou outra coisinha por fazer. LOLOL
Beijocas

vidasdanossavida disse...

Sou igual. Sempre a correr e a dizer: despacha-te! Estamos com pressa! De facto, perdemos demasiado tempo com pressa...