segunda-feira, 14 de maio de 2012

De molho

Hoje tenho a minha pipoca mais nova doente.
Já andamos nisto das febres, dos ranhos verdes e das tosses desde o final da semana passada, mas mesmo medicada, a coisa está renitente em ir embora para outras paragens.
A noite foi passada em claro, a acordar de hora a hora para medir a febre, porque a minha filha é profissional na arte das subidas vertiginosas de temperatura.
E à semelhança de muitas mães espalhadas pelo mundo, o meu dia vai ser passado entre visitas à Pediatra e à farmácia, aerossóis, antibióticos, anti-histamínicos, antipiréticos e muita paciência, porque as noites em claro pagam-se caras. Dores de cabeça, sonolência latente e baixa tolerância a birras e afins.

Acho que vou engolir um café forte e hibernar por uns minutos.



MM

4 comentários:

Viagem com tudo incluído disse...

As melhores para a filha e coragem para a mãe! :)

Anita Garcia disse...

Ora raios... as melhoras!
Beijinho

Helena Barreta disse...

As melhoras da sua menina. Que esta noite seja melhor do que a anterior.

Um beijinho

MM disse...

Obrigada a todas pelos desejos de melhoras. Hoje as coisas estiveram complicadas, mas acho que estão a melhorar.

Um grande beijinho