quarta-feira, 23 de maio de 2012

Curso de Rádio, aqui vou eu!

Se amanhã já estiver recomposta (espero que sim!), volto ao meu Curso de Rádio e ao desafio {assustador!!!} de ouvir a minha voz gravada, e de ler um guião de meia hora de um programa de rádio.
Os ouvintes privilegiados (leia-se colegas de sala e Carla Rocha), terão de apanhar com a voz fanhosa de quem esteve 4 dias com uma rino-faringite/laringite de caixão à cova, e com o pânico que me acompanha sempre que falo em público, de me faltar o ar no meio de cada palavra.
Perguntarão vocês, porque raio me inscrevi num curso de Rádio...
Porque quando falo ao espelho da minha casa-de-banho, sai sempre bem.
Acho que foi por isso.


MM

PS: Apesar do pânico, o post abaixo não se refere ao Curso de Rádio.

9 comentários:

Carlos Baptista disse...

qual espelho qual quê???????.....uma comunicadora nata, onde quer que fale sai sempre bem.....e apesar de não estar na foto, conto ser um dos privilegiados para te ouvir....:) (e o curso é fantástico, não é?)

MM disse...

:) :) Gostaste de Sábado? Tive tanta pena de não ir...

Carlos Baptista disse...

muito bom....claro que faço tudo aquilo que não se deveria fazer em relação à voz.....:(, mas em relação às gravações, estou um pouco como tu......apesar de já ter falado "algumas" vezes ao microfone, não é todos os dias que se tem, principalmente, a Carla Rocha como ouvinte...ai "borboletas" na barriga..:))

MM disse...

Pois, é isso...para além de que nunca fiz nada do género! Mas olha, acho que a experiência também vale por isso, não é? :) Se assim não fosse, não valeria a pena!

Carlos Baptista disse...

Claro que sim!!!!Vamos sair dalí todos com a capacidade de "transformar" a rádio. :)))

MM disse...

Com essa tua voz, acredito que sim!! :)
Já no meu caso, acho que vou sair dali com uma excelente experiência, que pode ser sempre uma "mais valia" para outras coisas que faço...agora para trabalhar na rádio, duvido...:)

Carlos Baptista disse...

...quando surgir uma proposta, ponho como condição que vás comigo....caso contrário, nada feito.:))

Helena Barreta disse...

Se falar tão bem como escreve de certeza que vai sair-se muito bem.

Um beijinho e o tal abraço apertadinho

MM disse...

Obrigada, Helena!
Beijinhos grandes