segunda-feira, 23 de abril de 2012

"Mães Surreais" - cenas do último capítulo

A pedido de alguns fiéis seguidores da saga "Mães Surreais", relato aqui como correu ontem o encontro imediato de 2º grau com a mãe do amiguinho do meu filho.
O filme começava às 15.55H e só entrámos na sala de cinema meia hora depois, porque tivemos que esperar pela senhora e seu respectivo rebento.
Por esta e por outras razões já sobejamente conhecidas, o encontro foi rápido e distante.

Mas porque nem tudo é mau, devo dizer que o amigo do meu filho é um amor.
E que me deixou rendida à sua simpatia e doçura, fazendo-me esquecer parte das vicissitudes desta saga, que espero não ter sequela.

Fim.
{espero eu}

MM

5 comentários:

Viagem com tudo incluído disse...

Ao menos isso :) Nem sempre os filhos são um espelho daquilo que são os seus pais, e neste caso parece que ainda bem!

Helena Barreta disse...

Na minha modesta opinião, a senhora "mãe surreal" para além de inconveniente é também mal educada. Tamanha falta de consideração e respeito pelo aniversariante e sua família e grupo de amigos, é, no mínimo, grave.

Um beijinho

MM disse...

O que vale é que a novela já acabou! :) E o miúdo era amoroso!
Um beijinho

Teresa disse...

Realmente...é o chamado dois em um!!além de chata,não tem respeito pelas pessoas! meia-hora???Admiro a sua paciência a esperar.Ao menos o filho é querido!

osexoeaidade disse...

Os miúdos não têm culpa dos pais que lhes calharam na rifa...