sábado, 17 de março de 2012

Birras Maternas

Ontem de manhã, irritada que estava com a mazela do meu pé, praguejei que era minha intenção vender todos os meus sapatos. Todos aqueles que não me entram, por causa das dores lancinantes no meu dedo mindinho.
Claro que nós mulheres sabemos, que há coisas que dizemos da boca para fora. Porque também temos os nossos momentos de mimo e de infantilidade.
Acontece que me esqueci que tinha 3 rebentos pequenos em casa.
E que ainda não sabem que os adultos {e em particular as mães}, também se irritam com coisas estúpidas.
E também fazem birras, de vez em quando.
E foi assim que ficaram preocupados todo o dia, porque eu passarei a andar descalça o resto da vida.

A verdade verdadinha é que não ficarei descalça, meus filhos
Nem vou vender sapatos nenhuns {embora me apeteça, porque pouco ou nada consigo calçar}.
Mas durante uns tempos, pelo menos, cinjo-me a 2 pares de botas e umas crocs.
É mau na mesma.

MM

4 comentários:

Soraia disse...

Conheço essa vontade de deitar os sapatos todos para a rua e pensar que vamos andar descalças o resto da vida. Ando com o mesmo problema mas no mindinho do pé direito.

A dor é muitas vezes insuportável e numa ida ao médico também me recomendaram os compeed, passado cerca de 1 mês a dor lá passou mas para mas dos meus pecados voltou novamente. E o que tenho feito até agora? Guardar as minhas saias e vestidos e ir todos os dias de ténis e calças vincadas para o trabalho, quando lá chego troco para uns sapatos mais confortáveis que lá consigo aguentar durante o período de trabalho.

O que mais me amedronta é pensar como irei suportar os meus sapatos de casamento (os principais que adoro) durante umas horinhas antes de enfiar umas sabrinas nos pés.

MM disse...

Soraia, espero que esta dor tenha fim à vista!! Não quero nem imaginar continuar assim por muito mais tempo!
Que corra tudo bem com esse casamento!! :)

Beijinhos

Soraia disse...

Vai passar sim e depois já vai poder voltar aos seus adorados sapatos (é o mesmo que penso para mim).

Obrigada, já falta muito pouco tempo e felizmente as coisas estão todas tratadas.

Beijinhos

MM disse...

Obrigada, Soraia! :)

Muitos beijinhos