terça-feira, 21 de outubro de 2014

A todos os leitores deste blogue

A vida tem-me ensinado que a felicidade incomoda. Incomoda muito. Mais da conta.
Granjear "amigos" quando não estamos bem é relativamente fácil. A nossa vulnerabilidade é apetecível aos outros. Não ameaça, nem confronta.
Os verdadeiros amigos, contudo, não são os que só aparecem na adversidade, qual abutres em forma humana. Os amigos verdadeiros reforçam-se e descobrem-se na felicidade. 
São aqueles que se regozijam com as nossas pequenas grandes vitórias, aqueles que aplaudem de pé. São os que se emocionam com cada feito nosso, porque estão certos do seu próprio valor.
Este blogue tem-me mostrado o melhor e o pior das pessoas. Tem-me trazido surpresas boas {maravilhosas}, e algumas tristezas. Há de tudo, como na vida. À lá carte.
Há quem me julgue pelo que escrevo. Há quem o faça pelo que infere do que escrevo. Há quem se amolgue com a vida que tenho e que conquistei a pulso, com umas quantas lágrimas. Há quem só cá venha para poder criticar. Há quem tenha a pretensão de achar que os meus sorrisos esgotam a mulher que sou. Há quem se incomode muito com esta alegria de viver, que embora reflicta a vida que tenho, tem mais que ver com a forma como olho para ela. 
Ainda assim, sou feliz aqui. Muito. E por aqui permanecerei até me apetecer, num exercício de liberdade que aprendi a estimar desde cedo.

Aos que vêm por bem, o meu eterno obrigada.
Aos outros, dizer-lhes que este espaço não lhes serve.
Este espaço é das pessoas felizes. Ou das que se esforçam como doidas para serem mais felizes, todos os dias. Um bocadinho que seja. Mesmo que, às vezes, a vida seja uma merda.


12 comentários:

Patrícia Teodoro disse...

Epá escrevi tão assim há uns meses....é que é mesmo assim...acho que quase que ouviste os meus pensamentos. beijinhos e continua assim...feliz e grata com o que tens.

Maggie F. disse...

deixo um beijinho doce e um camião cheio de dias felizes. Gosto de ti.

Bjos

Maggie

Cátia Adriano disse...

Olá Marta,
Entendo tão bem o que diz, aos olhos invejosos de algumas pessoas, até parece que a felicidade é uma doença má. Seja ela conquistada a pulso ou não. É tão português esta coisa de desejar o mal alheio, infelizmente...
A si, admiro-a pela fantástica mulher que é, com todos os defeitos e virtudes que nos dá a conhecer aqui no blog. O seu Dolce Far Niente é para mim uma leitura diária obrigatória. Até estranho os poucos dias em que não há um novo post. Continue e bem haja.
Beijinhos,
Cátia Adriano

Anónimo disse...

Venho cá a este espaço todos os dias!!! Adoro ler os relatos da vida quotidiana e gosto mesmo muito da felicidade que a autora mostra!
Só posso desejar que continue a escrever assim, de bem com a vida!
Tudo de bom e não se pode ligar a quem não entende que a felicidade se pode espalhar e não abafar.
Cláudia F.

Rainha Ervilha disse...

E quem fala assim, não é gago (e é feliz, e bem!). Gostei (muito).

Martolas disse...

De uma Marta para outra Marta...
Infelizmente a vida é isto, cheia de gente amarga que não suporta o ser do outro.
Identifico-me bastante consigo, até porque também tenho três filhos e também eu dei uma volta de 360º à minha vida e sou feliz!!
Continue a ser perfeita ou iperfeita como todos nós.
Beijinho,
marta

Anónimo disse...

...do interior profundo alentejano, um abraço grande!

Anónimo disse...

Eu venho,e gosto da sua (vossa) FELICIDADE!
São muitas as vezes que fico a pensar,e o que escreve,ajuda-me!
Acabo por ser feliz aqui!Por isso MUITO OBRIGADA!
Continue assim,Feliz e Linda!

Crónicas de uma Grávida Acamada disse...

Marta, continue a partilhar a sua felicidade, acredite que ainda há quem fique feliz por ver os outros felizes :-) bj

Raquel Caldevilla disse...

Vamos continuar a dar gargalhadas muito altas juntas, prometo. Um beijo enorme para ti! :)

Anónimo disse...

Há pessoas que, por terem uma vida triste e oca, adoram andar pelos blogues a espalhar veneno e a destilar despeito e inveja. Pessoas que não suportam ver as outras felizes...
A Marta é, nitidamente, uma pessoa feliz! E o blogue é delicioso, visita obrigatória todos os dias!
Às pessoas más e venenosas, desejo que deus lhes dê muita luz, para iluminar aquelas almas escuras... A si, Marta, desejo o melhor do mundo!
Beijinho,
Rita

Andy Marshmallow disse...

Completamente de acordo.
Há pessoas que serão umas eternas insatisfeitas!
:)
Eu venho por prazer ao teu blogue, porque adoro ver pessoas felizes.
Beijinho