quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Farmacêutica de serviço

[Andreia Azevedo Soares, Dina Margato, Filipa Fonseca Silva, Luís Lima e Rute Gil]

O último ano tem sido a prova provada de que os sonhos mais estapafúrdios materializam-se mesmo.
Basta uma dose generosa de trabalho, audácia q.b. e uma pitada de sorte, que há coincidências na vida que dão empurrões.
Neste caso, fazer parte deste projecto fez-se de distinta lata. Um mail enviado ao Paulo (de quem só conheço a palavra escrita), a oferecer os meus préstimos como farmacêutica de serviço, numa alquimia, para mim perfeita, entre o gozo que tenho em escrever e a admiração pela Farmácia de Serviço.

Ao Paulo Farinha, o meu obrigada por ter aceite esta proposta indecente.
Aos novos parceiros de empreitada e aos que já estão de serviço há algum tempo, um olá tímido entre o delírio e o pânico... 
Fogo, estou feita ao bife!

1 comentário:

∴ ACASO (ૐ) disse...

Olha que giro :) Desconhecia este projecto :D como sabes também eu, no meu blog remediosdoacaso.blogspot.pt utilizo essa analogia, tendo nesse endereço estabelecido a instalação da minha farmácia.
Espero que estejas bem. Boa sorte em mais essa aventura pelo ciberespaço. Beijos.


ACASO