quinta-feira, 27 de março de 2014

Não, não conseguimos enganar as crianças

Ontem choraminguei lá por casa. Às vezes choraminga-se por coisas da treta, não é? E a minha filha olhou-me e perguntou-me se estava a chorar. Menti-lhe e disse-lhe que não, como se pudéssemos enganar os miúdos. Não podemos. Tonta que eu sou.
Puxou-me para me baixar ao seu nível, olhou-me como uma mãe olha um filho e disse-me: "Mãe, tu estavas a chorar, sim. Eu vi nos teus olhos. Conta-me porque estás assim...".
E naquele nano-segundo, todas as minhas mágoas da treta se dissiparam. Como se aquele olhar maternal da minha filha fosse o abraço demorado que havia precisado todo o dia.



3 comentários:

Maria Alves disse...

As filhas têm esse dom... cá por casa, também é ela que me conhece melhor. Os outros dois filhos e o pai, tudos lhes passa ao lado.
Bjos e que tudo corra bem.

Cláudia F disse...

É tão bom, não é? Os meus filhos também são assim, super atentos. :)

Diana Mora Moraes disse...

Inspirador!! :) quero muito ser uma mãe assim :) e ouvir isso da minha filha quando for crescida!!