quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Manifesto de uma mãe de três

Correndo o risco de ser linchada em praça pública, informo que:
Já há muito tempo que fiz o 6º ano {ou o equivalente ao 6º ano}, e não tenho intenções de repetir, obrigada.
Quero com isto dizer que não faço resumos para o meu filho estudar, não sublinho textos, não antecipo a matéria em casa, não tenho como livros de cabeceira os manuais escolares de 6º ano {conheço quem tenha}, e não corrijo todos os TPC, por três razões:
1. Considero que os professores devem saber exactamente as fragilidades dos alunos para poderem actuar mais eficazmente;
2. Nem sempre consigo;
2. Nem sempre me apetece.

Esta é a realidade de uma mãe de três, que vai tentando educar para a autonomia. E que vai treinando a sua própria, ou ficaria esmagada.
E que me perdoem todas as mães que fazem tudo o que eu não faço, que não há mães nem filhos iguais.
E acho que ainda bem.

MM

10 comentários:

Maria disse...

Mãe de dois e subscrevo na integra!

Lilian disse...

Mãe de três com as mesmas idades dos seus (penso eu, 11, 8 e 4) e também concordo! Mas também conheço quem faz resumos, quem estuda com eles, quem os obriga a estudar depois do jantar e pela noite fora, etc, etc, etc.
Os meus filhos sao muito bons alunos, mas se nao fossem eu pensaria igual. Ajudar sim, fazerem eles nao!

Pedagogia do Terror disse...

Onde assino?

Maria disse...

Mãe de dois que concorda complketamente. É preciso criar pessoas que consigam ser autónomas. Se fizermos tudo por eles, onde vai estar a autonomia? E quando precisarem trabalhar? Vamos também fazer o trabalho por eles?

Marju Alves disse...

Mãe de 3 e subscrevo integralmente. Confesso no entanto que já fiz resumos e corrigi trabalhos de casa, mas cheguei à conclusão que estava a criar filhos preguiçosos. Tirando a parte dos professores, acho (e tenho posto em prática com a minha filha que anda no 6º ano) que eles têm de ser cada vez mais autónomos. Como já tenho filhos no 10º e no 12º, a ajuda possível também já é muito pouca (principalmente a Matemática!!). Jesus

Anónimo disse...

Mãe de dois mas apenas uma já na escola ( 3º ano ): Concordo plenamente! Ainda não tenho de fazer resumos mas quando surgir ensinarei a fazer mas não farei por eles! Corrijo, sim, apago o que está mal, ensino como é mas é ela que tem de fazer de novo até acertar! Sem dúvida que eles têm de se preparar para serem autónomos. Eu fui educada dessa forma e acho que resultou por isso farei o mesmo com os meus filhos!

Lilian disse...

Errata: onde se lê "fazerem eles" deve ler-se " fazer por eles"...
Teclados com a mania que são inteligentes a horas tardias, dá nisto!

Anónimo disse...

Como faço um "gosto"?

Myself and I disse...

Mãe de 3 e subscrevo tudinho o que foi dito no post. O mais velho anda no 7º e o do meio na 1ª classe, e a única coisa com que me preocupo é ver se estudam e fazem os TPC's. Têm de ser autónomos, apesar de estar atenta, mas isso penso que também estará :)

Dolce Far Niente disse...

Um grande beijinho a todas as mães que subscrevem esta minha tomada de posição. :=) Já não me sinto tão sozinha nisto...

Beijinhos a todas