sábado, 16 de junho de 2012

Na Idade do Armário

O que é que se faz a um filho de 10 anos que já tem tiques de adolescente?
Responde torto, contesta tudo o que se lhe diz, faz cara de entediado e flutua de humor como as estações do ano nos Açores...
Alguém reconhece estes sinais?

E o que é que se faz a uma mãe que ainda só aprendeu a lidar com gente pequena {e às vezes mal!}, e que {talvez} ainda não se sinta preparada para gerir a "idade do armário"? 

Pois é, Marta, bem-vinda à maternidade do pessoal mais crescido.
Respira fundo, perde as estribeiras pelo meio, e tenta acertar de vez em quando.
Acho que é isto.

MM

3 comentários:

Anónimo disse...

Ai como eu a compreendo... O meu filho de dez anos também me está a deixar completamente doida! Eu sempre disse que não há nada que dê tão pouco trabalho como um bebé... E eu tenho tão presente a minha adolescência que pressinto que isto vais ser muito difícil...

Helena Barreta disse...

Vai ver que se vão entender. Tem que lhe dar um desconto, é que nesta fase as hormonas tomam conta deles. Também para eles é estranho lidar com um corpo e uma cabeça que, à primeira vista, não estão em sintonia.

Por vezes é-nos difícil perceber e ver a vida pelos olhos de um adolescente ou pré-adolescente, mas se conseguirmos mostrar-lhes que continuamos a amá-los e por isso continuamos também a ser disciplinadores, a dizer não muitas vezes, as regras e por vezes quebrá-las, quando assim o entendermos e acharmos por bem. Ou eles merecerem.

Um beijinho

MM disse...

Obrigada, Mãe Anónima e Helena!
Acho que temos que ir levando, um dia de cada vez, não é?
O que vale é que não estamos sozinhas...parece que é universal!

Um beijinho