quinta-feira, 22 de setembro de 2016

As nossas manhãs cá em casa [sem berros]


A partir das seis e meia da manhã, a minha casa {e em particular, o meu quarto!}, parece uma estação de comboios em hora de ponta. O Duarte toma banho na casa-de-banho colada ao quarto, o bebé acorda para mamar, o Vasco e a Vitória entram na minha cama para os últimos minutos de ronha até serem sete da manhã e terem de começar a despachar-se.
O meu homem, entretanto, já está na cozinha a preparar pequenos-almoços à medida de cada um: ovos mexidos, estrelados, torradas, panquecas, fruta e legumes descascados, o que tiver sido decidido na véspera.
Não é uma logística fácil, mas ninguém está à espera que seja, numa família de seis. Mas vos garanto que este planeamento prévio das refeições {incluindo pequenos-almoços}, tem sido uma enorme ajuda cá em casa, porque já sabemos o que todos querem comer, temos connosco os ingredientes necessários e não há berros. Acordamos cedo, mas sem atropelos, e temos tempo de sobra para comer sentados e juntos. Um privilégio nos dias que correm.
Toda a vida quis ter uma família grande e barulhenta. A coisa cumpriu-se.

3 comentários:

Marco Silva disse...

É bom não ter sossego ;)

http://emierre-photography.blogspot.pt/

Sofia Costa disse...

Agora ri-me sozinha a pensar na quantidade de louça para lavar que isso significa. Mas não é tão melhor e mais saudável uma alimentação dessas do que uma taça e uma colher para comer cereais cheios de açúcar , com leite ? Eu todas as manhãs também fico com muita louça para lavar :D beijinhos !!!

VerdezOlhos disse...

Que delícia. As pequenas diferenças na organização e no planeamento são capazes de operar maravilhas :) Ainda bem. P.s. Que delícia de miúdo o vosso ;) giro giro giro!