quarta-feira, 20 de julho de 2016

O "lado B" da maternidade


Hoje tive uma noite do demo, a dar de mamar de duas em duas horas numa cadência de relógio suíço.
O "lado B" da maternidade não é cor-de-rosa, não tem folhos, nem é doce. É muitas vezes angustiante, mega cansativo, uma treta.
Se fosse há uns anos atrás, nunca escreveria isto, mas agora já não quero saber. A verdade é esta: a maternidade tem dias cinzentos, extenuantes, miseráveis. E depois, tem os outros. Que superam {quase} tudo.

5 comentários:

Sofiazinha disse...

:)

Palavras tão verdadeiras Marta!

Parabéns pela frontalidade (principalmente porque é sempre um sinal de maturidade.)

Bjinhos

Lili disse...

Ahahahahahahahahahahahahahha....a sua cara!!!!!!!!!!!
Tem razão em falar do "lado B". Aliás, "b", "c", "d"................ tamanha é a "elasticidade" física e mental de que precisamos.
É cansativo sim senhor.
Ficamos rabugentas.
Pensamos : "porque raio me meti nisto ?" :-)
A escala cromática [da maternidade] é variada.
Tudo "isto" faz parte do "pacote".
Mas....
Bolas..... Que viagem!!!! Vale [tanto] a pena.
Força.
Você é uma Mamã LINDA.
L

Anónimo disse...

Pois tem...
Eu tive muitas dificuldades nessa fase. Os meus bebes eram prematuros e tinha que dar leite de 3 em 3 horas, para que ganhassem peso. Ia enloquecendo...
Força para esta fase! Como deve saber as próximas não são tão cansativas a nível físico.
Ter um bebé é um feito incrível, mas desgastante...
Tudo a correr bem do fundo do coração

Maria

Maria Rita disse...

Assino por baixo.

Anónimo disse...

mesmo...