quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Uma semana de cada vez


Cada semana que passa é uma vitória. 
Há 11 anos atrás, grávida do meu filho Vasco, estava imóvel há já quatro semanas. Vivia na minha cama, virada para o Tejo, e passava o dia a falar para a barriga, pedindo ao meu bebé que se mantivesse por lá até ter ordem de soltura. 
Precisava de ajuda para tudo: para tomar banho, para endireitar-me na cama, às vezes, para agarrar o copo de água da mesa-de-cabeceira. Valeu-me o apoio precioso dos meus pais, dos meus sogros da altura e do meu marido de então, até porque tinha um filho de 2 anos que deixou de ter mãe para dar comida, banho e colo durante praticamente nove meses.
As decorações de Natal da minha sala, vi-as por fotografia, a noite de passagem de ano foi passada de cama, com os amigos numa mesa improvisada à minha frente e, logo a seguir, ligada a soro na maternidade, com uma intoxicação alimentar. Aos 7 meses de gravidez, esgotada do meu mundo ser o meu quarto, implorei à minha mãe uma visita ao Colombo numa cadeira de rodas, acho que o momento mais feliz daqueles nove meses.
Assisti ao compromisso de Letizia Ortiz com o Príncipe Filipe de Espanha como se de uma prima se tratasse e chorei baba e ranho com a efeméride, fruto das hormonas aos saltos e da solidão, que apesar de todos os esforços da família e amigos, teimava em não me largar.
Ainda assim, e apesar de tudo isto, maquilhei-me todos os dias com um espelhinho de bolso que tinha na gaveta da mesa-de-cabeceira e tentei não perder o sorriso, porque afinal de contas, quando estou grávida sinto-me a mulher mais abençoada do mundo.

Depois do Vasco, arrisquei a menina e ganhei o jogo, numa vitória pessoal que se chamou Vitória. Fui para casa aos 6 meses de gravidez, mas nunca fiquei de cama. E agora, oito anos depois, jogo mais uma cartada deste baralho incerto, mas maravilhoso, e agradeço todos os dias a possibilidade de me levantar de manhã, e de me mexer.
Uma semana de cada vez. E já passaram dezassete.

3 comentários:

Escrever Fotografar Sonhar disse...

...na passagem de ano, e em todas as efemérides do entretanto... O teu quarto virou sala de estar, o centro do universo...

Vidas da Nossa Vida disse...

E vai correr tudo bem!! 17 semanas já aí cantam:-))

Carolina Melo disse...

Maravilhoso. A sua força e esse sorriso são inspiradores .
Vai correr tudo bem até à chegada do baby Vicente , tenho a certeza!
PS: como se chama o mais velho?
Beijinhos grandes , família querida !
Carolina Melo