quinta-feira, 11 de junho de 2015

De noiva, num baptizado



Ontem reutilizei o meu "vestido de noiva" num baptizado.
Tirei-o do porta-fatos de onde não saía há um ano, e vesti-o devagarinho, com medo de deixar cair memórias e de as perder pelo caminho.
Durante alguns segundos [poucos, que o tempo contado não deu para mais], senti uma pontinha de nostalgia. Uma saudade do dia que celebrou a volta que demos à vida.
Depois esqueci-me disso, e gozei o resto do dia a sentir-me a mulher mais bonita do mundo.
A vantagem de ter casado de macacão azul é esta: posso sentir-me "noiva" as vezes que me apetecer. E que precisar.



1 comentário:

Blanche Cérise disse...

Esse macacão é lindo e fica-te muito bem :)
Eu cá casei de vestido vermelho às bolinhas brancas e com um barrigão de grávida, e acho que foi a melhor escolha para construir novas memórias!

Beijinhos e tudo de bom*