quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Lost and found

Se vos disser a quantidade de formações que fui fazendo ao longo da vida, talvez achem o mesmo que alguém me disse uma vez: que aprendo muita coisa, mas que nunca avanço realmente com nada.
Para terem uma ideia:
Fiz o ano 0 de uma formação em Psicoterapia Gestalt e não continuei.
Fiz uma formação em Rádio e por aí me fiquei.
Dei aulas de Dança de Salão durante vários anos, actividade que deixei para trás.
Fiz um curso de manequim com 17 anos e descobri que não fui talhada para a coisa.
Terminei uma pós-graduação em Imagem, Protocolo e Organização de Eventos e trabalho numa área completamente diferente.
Completei dois níveis de Reiki e nem com a família pratico o que aprendi.
Terminei duas formações em Gestão de Recursos Humanos e giro os recursos da minha numerosa família. E às vezes mal.
Comecei um curso de Guionismo que nunca acabei, porque me apaixonei pelo curso da sala do lado.
(...)

Ser confrontada com a ideia de que nada disto serviu para coisa nenhuma, chocalhou-me por dentro e inibiu este ímpeto por querer saber sempre mais. Afinal, das várias voltas que dei na vida, nenhuma me abalançou para qualquer aventura empreendedora. Acho que a coisa mais inovadora que fiz nos últimos anos foi criar este blog. E sem falsas modéstias, ando contente com o resultado.
Acredito, contudo, no ditado que diz que o saber não ocupa lugar, e que tudo pode ser valor acrescentado se visto na perspectiva certa e se recuperado do baú das ferramentas, sempre que necessário. Chama-se a isso bagagem.
E quando a oportunidade surgir estarei por cá. Para as voltas boas que a vida {também} sabe trazer.



3 comentários:

O carteira vazia disse...

olha nem a proposito, estou numa formaçao de avaliaçao de imoveis! que seca!

http://ocarteiravazia.blogspot.pt /

elsa disse...

marta saber não ocupa lugar mesmo, quem sabe se não vão servir ainda para uma data de coisas! Quanto ao nosso café, vai ter que ser em Roma, já cá estou outra vez! beijinhos e até breve!!

De Pés para o Ar disse...

Acho que só não me disseram o mesmo a mim, por pudor. Mas diz por aí que faço colecção de workshops, cursos, cursinhos e cursetos disto daquilo e de muito mais... falta-me os "cursões". Mas não fui talhada para andar muito tempo pelos mesmos caminhos, Portanto, tudo o que vá mais longe que pós-graduações (academicamente falando) não me atrai.
Apetece-me sempre atirar com um: "E ?"
Sejamos felizes! :D