sexta-feira, 1 de março de 2013

Perguntas que nos desconcertam

Quando fui ontem buscar a minha filha ao jardim-de-infância, fui abordada {ou será melhor dizer abalroada?} por uma sua amiguinha de 5 anos, desta forma:

C.: Olá, mãe da Vitória! Tu casaste com quem?
Eu: ...casei com o pai da Vitória...
C.: Então e quem é o Rui?
Eu: O Rui é o meu namorado, porque agora já não estou casada com o pai da Vitória...
C.: E vais casar com o Rui?
Eu: ...pois...logo se vê...ainda não sei...
C.: Então porque é que não queres casar com o Rui?
Eu: Ainda não sei...logo se vê...
C.: Então e quando casares com o Rui ele vai ser o pai da Vitória?
Eu: Não, C. O Rui é uma espécie de "pai do coração". A Vitória tem o seu papá...
C.: Ahhhhh...(silêncio)...e porque é que tens umas luvas vermelhas? És do Benfica?

(...) (...) (...) (...)

Hoje fugi da miúda.
Pelo sim, pelo não...

MM

3 comentários:

Mãe dos Cinco disse...

só uma criança para ter uma conversa tão verdadeira :)

Manjerica disse...

Quem me dera deixar fluir com essa sinceridade e tudo o que me vai na cabeça...
Delicioso!

Dolce Far Niente disse...

Obrigada Manjerica e Mãe dos Cinco pelos comentários. :=)

Muitos beijinhos