quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

O meu mundo

Acabei de chegar a casa.
Tenho a lareira acesa, a sala vestida de Natal, o aroma de legumes no forno a espalhar-se pela cozinha, os filhos entretidos em coisas suas, o meu homem a congeminar receitas novas.
E se alguma dúvida houvesse sobre a felicidade das coisas simples, ela desapareceria neste exacto instante.
Porque a felicidade faz-se de momentos sem nenhuma pretensão encenada.
Faz-se disto mesmo. De pequenos "nadas" que valem o mundo.
O meu, pelo menos.

 
MM

5 comentários:

Ovelha Flor Guerreira disse...

O teu e o de quem vive bem consigo própria e é bem resolvida!!!

Frida Kahlo disse...

Nem mais, nem menos, é isso mesmo.

Dolce Far Niente disse...

Beijos, beijos Frida.
Sei que me entendes... :=)

Anónimo disse...

Tão verdade!! É isso mesmo Marta! Um beijinho

marina disse...

Mesmo verdade,para mim a felicidade está nos pequenos e bons momentos.