terça-feira, 3 de julho de 2012

1 ano de Dolce Far Niente!!!

Há exactamente 1 ano atrás {na véspera de completar 37 anos de idade} iniciava este blog e escrevia este post.
Passaram-se 365 dias e com eles, muita coisa mudou na minha vida e na vida deste Dolce Far Niente, que já conta com 123 seguidores e já esteve perto das 1000 visitas diárias.
Tive como primeiras seguidoras a minha mãe {minha eterna admiradora e uma feroz crítica sempre que acha que me desvio do "caminho"}, e uma amiga querida, que apesar de não ver tantas vezes quantas gostaria, está sempre presente. E esteve sempre presente em momentos difíceis que me trouxeram à vida feliz que tenho hoje.
Logo depois {aos poucos}, foram chegando outros familiares e outros amigos, e mais tarde, pessoas que nunca vi, mas que já são uma presença habitual na vida deste Dolce Far Niente e, por isso mesmo, na minha também. E embora a minha vida real aconteça fora do blog, posso dizer que já conto com uns quantos "amigos virtuais", que embora do outro lado deste écran, já me aqueceram dias difíceis com palavras que me souberam a mel. Porque a solidariedade e a empatia também se escrevem. E podem ir para além da presença física.
Claro que também já passaram por aqui comentários desagradáveis. Daqueles que só têm o intuito de criticar gratuitamente, sem qualquer acrescento construtivo.
Foi por eles {confesso} que passei a moderar os comentários antes de serem publicados. Não porque receie ser criticada, mas porque só acredito nas críticas construtivas, que não se escondem atrás de palavras grosseiras nem anónimas. E também porque (e perdoem-me a imodéstia), este é o meu canto. Um canto onde só fica quem vem por bem. E se na vida real nem sempre podemos controlar as "boas visitas", ao menos que o possamos fazer nestes recantos virtuais.

Hoje, já de férias com a minha família e na véspera de completar 38 anos, fico feliz de cada vez que penso no 1º aniversário deste meu "bebé" mais pequeno.
Por tudo aquilo que me trouxe: cada um de vós e o meu regresso à escrita. Uma paixão antiga que havia perdido.
É que as grandes paixões também se perdem, às vezes. E é preciso achá-las, recuperá-las e mantê-las para a vida.
Façam o mesmo, é só o que vos peço.

Obrigada.

MM



8 comentários:

Helena Barreta disse...

Muitos parabéns ao Dolce Far Niente, ainda bem que este blogue a fez voltar à escrita e bem dita a hora que eu o descobri.

Um abraço apertadinho e um beijinho com muita ternura.

Anita Garcia disse...

Parabéns!!!!!
E boas férias ;)

IA disse...

Muitos parabéns desta seguidora (virtual) e que este seja o 1º de muito anos de partilhas de vivências, emoções e experiências..

Tal como a M. acredito na crítica e comentário construtivo, por isso acho muito bem que só venha aqui, quem vier por bem..
Um bjinho e boas férias...
IA
http://mimpensamentos.blogspot.pt

Flor Guerreira disse...

Obrigada??? De nada!

anecas disse...

Descobri há pouco tempo o seu blog e fiquei apaixonada pela lufada de ar fresco e de alguma forma motivou-me na minha tarefa de mãe, esposa e profissional. Nomeadamente no que diz respeito a minha aparência.
Obrigada
Boas férias
ana silva

Ly* disse...

Parabéns pelo blogue!
Fico feliz por fazer parte das seguidores :)

MM disse...

A todas, um enorme beijinho. Obrigada por visitarem este meu "recanto". :=)
E um beijinho especial à Flor Guerreira, que fez ontem anos!!! :=)

Susana Canhola disse...

Muitos parabéns, pelo teu cantinho. Gosto muito de cá vir.